PESQUISA AVANÇADA E EXCLUSIVA DO GOOGLE

quarta-feira

Homem envia ossada de amigo morto para família

Para tudo na vida tem Sedex, dizia a propaganda dos Correios. Um morador do Rio de Janeiro acreditou na publicidade e mandou uma encomenda pouco usual para o Ceará: a ossada de um conhecido, morto no Rio, mas cuja família é do município cearense de Viçosa. O conteúdo impróprio do pacote foi descoberto por acaso: a carreta que levava a correspondência foi roubada na última sexta-feira.

O bando levou parte da carga e deixou alguma correspondência para trás. Esse material foi encaminhado para uma agência dos Correios, em Fortaleza, onde passou por uma vistoria em equipamentos de raio X. E aí veio a surpresa: uma das caixas continha uma ossada humana, além de uma ordem de exumação emitida pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

O remetente foi localizado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele contou que a família do seu amigo, de Viçosa, pediu o favor de providenciar a exumação e o envio dos restos mortais para o Ceará. O homem desconhecia que os Correios não podem transportar esse tipo de material, e por isso não será processado. A ossada foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) e está à disposição da família.