PESQUISA AVANÇADA E EXCLUSIVA DO GOOGLE

quarta-feira

Argentina joga mal e fica no zero com Colômbia. Torcida pede Maradona

Cabisbaixo, Lionel Messi parece não acreditar em outro tropeço da seleção argentina

Sem imaginação, burocrática e com o seu astro Lionel Messi apagado, a Argentina voltou a decepcionar na Copa América. Em Santa Fé, no Brigadeiro Estanislao López, estádio conhecido como o "Cemitério dos Elefantes", os hermanos não passaram de um magro 0 a 0 diante da Colômbia, pela segunda rodada do Grupo A, nesta quarta-feira.

A má exibição aliada ao resultado fizeram com que a torcida chegasse a ensaiar vaias e gritar “Diego, Diego”, pedindo o retorno do eterno ídolo Maradona ao comando da seleção albiceleste - o seu sucessor, Sergio Batista, foi muito cobrado pelo empate. Melhor em campo, a seleção de Falcao García, Armero e Guarín desperdiçou ótimas oportunidades e ajudou ao goleiro Sergio Romero ser eleito o craque da partida em votação dos torcedores no site oficial da Copa América.

A situação na chave não é das mais simples. Com dois pontos, a Argentina precisa necessariamente derrotar a Costa Rica na próxima segunda-feira, em Córdoba, para se classificar às quartas de final. O primeiro lugar, no entanto, está ameaçado, já que os colombianos chegaram aos quatro pontos e estão virtualmente na próxima fase. A Bolívia, que soma um, joga nesta quinta-feira contra os costarriquenhos, em San Salvador de Jujuy, às 19h15m (de Brasília).