PESQUISA AVANÇADA E EXCLUSIVA DO GOOGLE

sexta-feira

Após 60 dias na Record, Datena deixa emissora e pode voltar à Band


Os boatos sobre a saída de José Luiz Datena, do programa Cidade Alerta, da TV Record, tornaram-se realidade. Como O REPÓRTER havia informado na última quarta-feira(27/7), Datena já não se sentia mais à vontade na emissora dos bispos.

O apresentador, de 53 anos, encerrou o programa desta sexta-feira(29) se despedindo com um "Até um dia" e não deu pistas sobre para onde iria.

A Record não recebeu nenhum pedido de demissão, mas as informações de bastidores dão conta de que Datena decidiu romper o contrato e voltar para a Band.

Há 60 dias, o polêmico jornalista rompera o contrato com a própria Band para ingressar no quadro de apresentadores da TV Record.

Os últimos dias de Datena na Record não foram nada tranquilos e O REPÓRTER chegou a noticiar na última quarta-feira o descontatentamento do profissional.

O apresentador chegou a interromper uma reportagem, esbravejando ao vivo com a própria equipe. "Essa história de deixar microfone aberto, quase acabou com a carreira de grandes apresentadores. Aqui é igual a vestiário de futebol. Tem palavrão também", disse.

Aparentemente advertido pelo desabafo, o apresentador emendou: "Eu já não posso dar entrevista para jornal e revista, estou proibido aqui dentro. Agora eu não vou poder mais falar aqui?", indagou.

Datena passou os últimos dias ameaçando a Record com a rescisão, caso a emissora continuasse a proibi-lo de dar entrevistas. Ele teria sido censurado pela direção da casa, por críticas à estrutura do "Cidade Alerta", e às condições com que foi recebido --como um camarim "adaptado", e não personalizado, informa a Folha de S. Paulo.

Para voltar à Band, ele também terá perdoada sua dívida por ter rescindido contrato com a TV 60 dias atrás. A Band também deverá ajudá-lo a pagar outro processo por rescisão, dessa vez contra a RedeTV!, estimado em R$ 5 milhões.