PESQUISA AVANÇADA E EXCLUSIVA DO GOOGLE

quinta-feira

Governo lança banda larga a R$ 35 por mês

Ministro diz que serviço começa a ser vendido em 90 dias; acordo não prevê metas de qualidade

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, anunciou ontem um acordo com quatro operadoras (Telefônica, Oi, Sercomtel e CTBC) para oferecer internet de banda larga a R$ 35 mensais, com velocidade de 1 Mbps (megabit por segundo).

O acordo faz parte do Plano Nacional de Banda Larga e o serviço deve começar a ser oferecido em 90 dias.

Segundo o ministro, o serviço deve estar disponível em todo o país e em 70% dos domicílios até 2014. Hoje, 27% das casas possuem banda larga. Bernardo disse também que a velocidade deve aumentar para até 5 Mbps.

Fora das capitais

Qualquer pessoa poderá adquirir o pacote de R$ 35 a ser oferecido pelas operadoras.

De acordo com o governo, as primeiras localidades a receber o plano serão Samambaia (DF), Recanto das Emas (DF), Santo Antônio do Descoberto (GO), Anápolis (GO), Senador Canedo (GO) e Aparecida de Goiânia (GO). Há ainda uma lista de cem cidades prioritárias (veja acima).

Por enquanto, as capitais dos Estados estão fora dessas prioridades.

Para que o acordo fosse fechado, o governo teve de abrir mão da exigência de que as teles cumprissem metas de qualidade do serviço, demanda feita inicialmente pela presidente Dilma Rousseff.

O ministro afirmou, porém, que até outubro a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deve aprovar a regulamentação que prevê qualidade mínima para a internet brasileira, tanto fixa quanto móvel, e que valerá também para o PNBL. As regras devem entrar em vigor em 2012.

Telefone

O governo anunciou também a disposição de oferecer assinatura popular de telefonia fixa por R$ 9,50 por mês.