PESQUISA AVANÇADA E EXCLUSIVA DO GOOGLE

sexta-feira

IML divulga laudo sobre assassinato de ex-BBB

André Luis Gusmão de Almeida morreu no início de junho em Alumínio.
Segundo documento, ele foi morto com disparo feito a menos de um metro.



O Instituto Médico-Legal (IML) divulgou nesta sexta-feira (10) o laudo sobre a morte do ex-BBB André Luis Gusmão de Almeida, o André Caubói. Ele foi assassinado com um tiro na nuca em 1º de junho, na chácara onde vivia em Alumínio, no interior de São Paulo. De acordo com o documento, o disparo foi a menos de um metro de distância.
O laudo mostra também que não houve luta corporal e o ex-BBB não apresentava outra lesão. O Instituto de Criminalística vai investigar qual o calibre da arma usada no crime. A morte ocorreu na madrugada do dia 1º de junho no local onde também funciona o Sushi Bar Rancho do Cowboy, de propriedade da vítima e de sua mulher.
Segundo a polícia, após ouvir latidos de cachorro, o ex-BBB saiu de dentro de casa onde morava para ver o que estava acontecendo, quando foi atingido por um tiro na nuca, segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.
saiba mais
Ex-BBB é morto no interior de SP
Polícia apura se ex-BBB Caubói foi morto em assalto ou por vingança
‘Não tenho nenhuma mágoa’, diz Naiá sobre ex-BBB morto em SP
A investigação da delegacia trabalha com duas hipóteses para explicar o assassinato: que ele tenha sido morto durante um assalto ou por vingança. Uma TV LCD de 32 polegadas e um computador foram levados. A Polícia Civil segue os rastros dos cheques emitidos pelo ex-BBB e por sua mulher para investigar também se a morte tem ligação com a cobrança de dívidas.
A polícia recebeu denúncias anônimas apontando para supostos mandantes do crime, moradores na região metropolitana de São Paulo. Segundo as denúncias, os crimes foram encomendados por causa das dívidas acumuladas pelo casal.
Participação no BBB
André ficou apenas 12 dias na casa do Big Brother, tendo sido eliminado na ocasião com 71% dos votos. Em sua curta estadia no programa, o músico provocou polêmica. Ele discutiu com Naiá e a catarinense Ana Carolina Madeira. Na página do programa, o ex-BBB afirmava ao entrar na casa que queria ganhar fama para ter sucesso em sua carreira como cantor sertanejo.