PESQUISA AVANÇADA E EXCLUSIVA DO GOOGLE

quinta-feira

Edmundo deixa delegacia em São Paulo e está livre

O ex-jogador Edmundo deixou por volta das 19h a delegacia de Pinheiros, na Zona Oeste paulistana, onde estava preso desde a noite de quarta. Ele estava preso desde a noite de quarta-feira na capital paulista. O atual comentarista de TV segue para o Instituto Médico-Legal (IML) para exames de corpo de delito e depois será libertado. A saída do ex-atleta do local foi marcada por muito tumulto devido à presença de repórteres e cinegrafistas. Edmundo entrou rapidamente dentro de um carro e não falou com a imprensa.

A 6ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, por meio da desembargadora Rosita Maria de Oliveira Netto, concedeu habeas corpus ao ex-jogador Edmundo, que foi preso em São Paulo nesta madrugada após ter pedido de prisão emitido pela Justiça na última terça-feira. A decisão é em caráter liminar, e se manterá até o julgamento do pleno do tribunal. Ainda cabe recurso para decisão.

A liberdade foi anunciada no momento em que agentes da Polícia Civil do Rio chegavam na delegacia de Pinheiros, onde o atual comentarista estava detido e aguardava transferência para a capital fluminense.

O processo se refere ao acidente de carro no qual Edmundo se envolveu em 1995 na Lagoa, Zona Sul do Rio de Janeiro. Três pessoas morreram e outras três ficaram feridas. Em 1999, o ex-jogador foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão, em regime semiaberto, por homicídio e lesão corporal culposas.

Desta vez, o juiz Carlos Eduardo Carvalho de Figueiredo rejeitou a alegação de prescrição de processo. O argumento foi novamente utilizado por Arthur Lavigne no pedido de liberdade encaminhado à Justiça.